quinta-feira, 31 de dezembro de 2009

Receita de Ano Novo de Carlos Drummond de Andrade

Agradeço a querida amiga Virgínia Heine que me enviou esse poema do Drummond que eu não conhecia.


Para você ganhar belíssimo Ano Novo
cor do arco-íris, ou da cor da sua paz,
Ano Novo sem comparação com todo o tempo já vivido
(mal vivido talvez ou sem sentido)
para você ganhar um ano
não apenas pintado de novo, remendado às carreiras,
mas novo nas sementinhas do vir-a-ser;
novo
até no coração das coisas menos percebidas
(a começar pelo seu interior)
novo, espontâneo, que de tão perfeito nem se nota
mas com ele se come, se passeia,
se ama, se compreende, se trabalha,
você não precisa beber champanha ou qualquer outra birita,
não precisa expedir nem receber mensagens
(planta recebe mensagens?
passa telegramas?)

Não precisa
fazer lista de boas intenções
para arquivá-las na gaveta.
Não precisa chorar arrependido
pelas besteiras consumadas
nem parvamente acreditar
que por decreto de esperança
a partir de janeiro as coisas mudem
e seja tudo claridade, recompensa,
justiça entre os homens e as nações,
liberdade com cheiro e gosto de pão matinal,
direitos respeitados, começando
pelo direito augusto de viver.

Para ganhar um Ano Novo
que mereça este nome,
você, meu caro, tem de merecê-lo,
tem de fazê-lo novo, eu sei que não é fácil,
mas tente, experimente, consciente.
É dentro de você que o Ano Novo
cochila e espera desde sempre.

quarta-feira, 30 de dezembro de 2009

domingo, 27 de dezembro de 2009

Da série a intimidade das flores

foto luliX pandaglia - Araras - dezembro de 2009

quinta-feira, 24 de dezembro de 2009

Puro Amor...

foto luliX pandaglia - Araras - dezembro 2009

terça-feira, 22 de dezembro de 2009

Nasce a esperança...

foto luliX pandaglia - Araras - dezembro de 2009

segunda-feira, 21 de dezembro de 2009

luX no fim do túnel

foto luliX pandaglia - Araras - dezembro de 2009

domingo, 20 de dezembro de 2009

Da série a intimidade das flores...

foto luliX pandaglia - Araras - dezembro de 2009

sábado, 19 de dezembro de 2009

Theodora Speranza não morreu...

Theodora descobriu no silêncio uma outra possibilidade de comunicação com a vida. Nesse processo de introspecção se deu conta de que o inferno estava dentro de sua cabeça. Não parava de pensar, ordenar, julgar, categorizar as coisas. Era exaustivo! Achava que o pensar compulsivo era criativo e que tinha que ter uma opinião sobre tudo. Ao longo dessa vivência, foi abrindo espaço para outras experiências. Tornou-se mais tolerante e com isso passou a apreciar detalhes até então desconhecidos. A vida tornou-se mais viva e colorida.

sexta-feira, 18 de dezembro de 2009

Da série a intimidade das flores...


fotos luliX pandaglia - Araras - dezembro de 2009

quinta-feira, 17 de dezembro de 2009

Contemplando a Luz Azul...

foto luliX pandaglia - Araras - dezembro de 2009

quarta-feira, 16 de dezembro de 2009

terça-feira, 15 de dezembro de 2009

Paz e Amor

fotos luliX pandaglia - Araras - dezembro de 2009

domingo, 13 de dezembro de 2009

sexta-feira, 11 de dezembro de 2009

Da série diversidade...

fotos luliX pandaglia - Araras - dezembro 2009

quinta-feira, 10 de dezembro de 2009

Texturas

fotos luliX pandaglia - Araras - dezembro 2009

quarta-feira, 9 de dezembro de 2009

"And I think to myself.."

I'm not ready
ready to do
ready to make
ready-made
everything seems so real
and so fake.

luliX pandaglia - today

terça-feira, 8 de dezembro de 2009

Experimentos...

fotos luliX pandaglia - Araras - dezembro 2009

sábado, 5 de dezembro de 2009

papagaio - Chacal

estranho poder o do poeta.
escolhe entre quase e cais
quais palavras lhe convém.
depois as empilha papagaio
e as solta no céu do papel

sexta-feira, 4 de dezembro de 2009

Da série exuberância

foto luliX pandaglia - Araras - novembro 2009

quinta-feira, 3 de dezembro de 2009

7 sacis - Chacal

sete sacis no mato


um pila
um pula
um pisca
um parla
um pinta
um pita


outro nada

quarta-feira, 2 de dezembro de 2009

Beleza pura

fotos luliX pandaglia - Araras - dezembro 2009

terça-feira, 1 de dezembro de 2009

Série insetos

foto luliX pandaglia - Araras - dezembro 2009

segunda-feira, 30 de novembro de 2009

Exuberância...

fotos luliX pandaglia - Araras - novembro 2009

Graciosas...

fotos luliX pandaglia - Araras - novembro 2009

domingo, 29 de novembro de 2009

Vento - Chacal

grafar uma música
é como querer
fotografar o vento


a música existe no tempo
a grafia no espaço
o vento no vento

sábado, 28 de novembro de 2009

quinta-feira, 26 de novembro de 2009

terça-feira, 24 de novembro de 2009

Experimentos...

fotos luliX pandaglia - novembro 2009

segunda-feira, 23 de novembro de 2009

domingo, 22 de novembro de 2009

Hoje no Arpoador...

fotos luliX pandaglia - novembro 2009