sexta-feira, 23 de janeiro de 2009

Italo Calvino.

"Cada vez que o reino do humano me parece condenado ao peso, digo para mim mesmo que à maneira de Perseu eu devia voar para outro espaço. Não se trata absolutamente de fuga para o sonho ou o irracional. "Quero dizer que preciso mudar de ponto de observação, que preciso considerar o mundo sob uma outra ótica, outra lógica, outros meios de conhecimento e controle. As imagens de leveza que busco não devem, em contato com a realidade presente e futura, dissolver-se como sonhos..."

2 comentários:

Moacy Cirne disse...

Italo Calvino é um dos grandes autores do século XX. Pelo menos, assim me parece.

Um abraço.

Em tempo: a verificação de palavras abaixo, na postagem dos comentários - ADARPHA -, parece um dos nomes de suas "cidades invisíveis". Que coincidência...

Silvana Weaver disse...

Estive no blog. Conheci você no balcão da Letras e Expressões, você me deu o endereço.

Não sou poeta né. Lindas fotos, bela celebração do ser carioca.

Muitos beijos e abraços.