sábado, 25 de outubro de 2008

Uma inspiradora frase de Oswald de Andrade "A contribuição milionária de todos os erros." que traduz o espírito do Baga Cine

“a palavra física, brasileira em sua época. A língua sem arcaísmos. Sem erudição. Natural e neológica. A contribuição milionária de todos os erros. Como falamos. Como somos.”(ANDRADE, O.,in: Teles, 1983:327)
Oswald de Andrade 1890 - 1954

3 comentários:

Nelson Goldenstein disse...

Ótimo! Sensacional! Mas, ainda não captei a (multi?) etimologia, ou neologia do "baga cine"...

luliX pandaglia disse...

A neologia relaciona-se com a espontaneidade e contemporaneidade dos fatos. Tudo aquilo que acontece no aqui e agora, o erro, o acaso se manifestando. O uso tb da linguagem corriqueira, ordinária no bom sentido hahaha, as gírias e as novas formas de escrever dentro do mundo da internet. Será que consegui responder a sua pergunta?
Bjs

luliX pandaglia disse...

O Baga Cine capta manifestações contemporâneas e espontâneas. Valeu Nelson!